#257 “Games: cultura e política” – com FH e Anderson Patrocínio 

Saudações Pessoas! Nesse episódio recebemos Fernando Henrique (no Twitter @Fernando_HC_) e Anderson Patrocínio (no Twitter @Patrocinio_) para uma conversa sobre videogames, cultura e política. Começamos discutindo a crescente importância do videogame como fenômeno de cultura de massa, capaz de articular estilos de vida e identidades – algo comparável apenas à música em décadas passadas. Desde a criação dos videogames como entretenimento vivemos uma dupla relação com esse meio: a ascensão meteórica da indústria dos jogos eletrônicos e a transferência de métricas e métodos dos jogos para a organização do trabalho (o fenômeno da gameficação). Mas a despeito do crescente impacto dos games como fenômeno e linguagem, há uma resistência de muitos entusiastas dos jogos em analisá-los como as potentes formas de mídia de massa que são. Nesse episódio discutimos a falácia do caráter “apolítico” dos jogos, falamos sobre como a indústria dos games está em vários momentos ligada à questões militares e geopolíticas – sobretudo como propaganda de forças armadas. Também discutimos a relação entre estética e politica, a emergência das produções independentes e os limites da imaginação no realismo capitalista. Pode clicar que ficou bom demais. 

Referências

(Livro) Videogame e violência: Cruzadas morais contra os jogos eletrônicos no Brasil e no mundo

(Podcast) Regras do Jogo

(Episódio) Regras Do Jogo #55 – Videogame E Violência – Com Salah H. Khaled

(Episódio) Estudando o videogame #4 – Games e política: como é, e como poderia ser

(Episodio) Regras do Jogo #94 – City Builders

Dicas Culturais

(Jogo) Hades

(Filme) O Culpado

(Jogo) Kentucky Route Zero

(Filme) Batalha de Argel

(Jogo) Metal Gear Solid

(Documentário) Paralelos

– –

Escute o Vira no seu agregador de podcasts preferido, em serviços de streaming como o Spotify (abaixo) ou diretamente do site do feed – podendo fazer download do mp3 se preferir em viracasacas.libsyn.com

– –

Expediente

Pai-Fundador: Felipe Abal

Apresentação: Gabriel Divan e Carapanã

Capas: Gui Toscan

Edição de Áudio: Thiago Corrêa & Estopim Podcasts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: