#304 “Anistia é o caralho!” – com Patrícia da Costa Machado

Saudações pessoas! No episódio dessa semana recebemos Patrícia da Costa Machado (professora e pesquisadora em História, Direito e Relações Internacionais) para uma conversa sobre justiça e impunidade no legado das Ditaduras do cone sul da América Latina. Começamos discutindo como o caso argentino é paradigmático, por ser uma ditadura que terminou com os militares enfraquecidos politicamente diante do fiasco da Guerra das Malvinas. Mas mesmo na Argentina foi preciso de muita mobilização e pressão para responsabilizar criminalmente os mentores e autores de mais de 30 mil assassinatos e desaparecimentos políticos. Depois discutimos se a Guerra Suja da Ditadura Argentina teria sido o resultado de uma relação tensa entre o poder militar e judiciário – hipótese muito discutida mas bastante controversa. Por fim, comentamos os poucos avanços nessa seara no Brasil e como muitas oportunidades de enquadrar os criminosos de farda foram perdidas nas últimas décadas. Na América Latina sobra quem diga defender a democracia mas, via de regra, só as esquerdas parecem interessadas em justiça.

Dicas Culturais

(Jogo) Mad Max

(Filme) Machuca
(Lugar) Café Biblos Recoleta

(Lugar) El Boliche del Roberto

(Documentário) Territorio de Vida

– –

Escute o Vira no seu agregador de podcasts preferido, em serviços de streaming como o Spotify ou diretamente do site do feed – podendo fazer download do mp3 se preferir em viracasacas.libsyn.com

– –

Expediente

Pai-Fundador: Felipe Abal

Apresentação: Gabriel Divan e Carapanã

Capas: Gui Toscan

Edição de Audio: Ingrid Dutra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: